LICENCIATURA EM FÍ­SICA

Informações

O OBJETIVO PRINCIPAL DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA É FORMAR PROFESSORES PARA ATUAR NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. ALÉM DISSO, O PROFISSIONAL DESSA ÁREA PODE TRABALHAR COM PESQUISA OU CONTINUAR SEUS ESTUDOS FAZENDO UMA PÓS-GRADUAÇÃO.

ESPERA-SE QUE, AO FINAL DO CURSO, O LICENCIANDO TENHA CONSTITUÍ­DAS AS SEGUINTES COMPETÊNCIAS: COM RELAÇÃO À  FORMAÇÃO PESSOAL: POSSUIR CONHECIMENTO CONSISTENTE E ABRANGENTE NA ÁREA DE ATUAÇÃO, COM DOMÍNIO DAS TÉCNICAS BÁSICAS DE UTILIZAÇÃO DE LABORATÓRIOS; POSSUIR CAPACIDADE CRÍ­TICA PARA ANALISAR DE MANEIRA CONVENIENTE OS SEUS PRÓPRIOS CONHECIMENTOS; ASSIMILAR OS NOVOS CONHECIMENTOS CIENTÍ­FICOS E/OU EDUCACIONAIS E REFLETIR SOBRE O COMPORTAMENTO ÉTICO, ESPERADO PELA SOCIEDADE REFERENTE À SUA ATUAÇÃO E SUAS RELAÇÕES COM O CONTEXTO AMBIENTAL, CULTURAL, SOCIOECONÔMICO E POLÍTICO; IDENTIFICAR OS ASPECTOS FILOSÓFICOS E SOCIAIS QUE DEFINEM A REALIDADE EDUCACIONAL; IDENTIFICAR O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM COMO PROCESSO HUMANO EM CONSTRUÇÃO; TRABALHAR EM EQUIPE; BUSCAR UM PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTÍ­NUA, POR MEIO DA CURIOSIDADE E DE ESTUDOS EXTRACURRICULARES INDIVIDUAIS OU EM GRUPO, COM ESPÍ­RITO INVESTIGATIVO, CRIATIVIDADE E INICIATIVA NA BUSCA DE SOLUÇÕES PARA QUESTÕES INDIVIDUAIS E COLETIVAS RELACIONADAS COM O ENSINO DE FÍSICA; EXERCER A PROFISSÃO RESPEITANDO O DIREITO À VIDA E AO BEM-ESTAR DOS CIDADÃOS, A PARTIR DE UMA FORMAÇÃO HUMANÍ­STICA; PREPARAR E DESENVOLVER RECURSOS DIDÁTICOS E INSTRUCIONAIS RELATIVOS À SUA PRÁTICA E AVALIAR A QUALIDADE DOS MATERIAIS EXISTENTES; ATUAR COMO PESQUISADOR NO ENSINO DE FÍ­SICA. COM RELAÇÃO À COMPREENSÃO DA FÍ­SICA: COMPREENDER OS CONCEITOS, LEIS E PRINCÍ­PIOS DA FÍSICA; ACOMPANHAR E COMPREENDER OS AVANÇOS CIENTÍFICO-TECNOLÓGICOS E EDUCACIONAIS; RECONHECER A FÍ­SICA COMO UMA CONSTRUÇÃO HUMANA E COMPREENDER OS ASPECTOS HISTÓRICOS DE SUA PRODUÇÃO E SUAS RELAÇÕES COM O CONTEXTO AMBIENTAL, CULTURAL, SOCIOECONÔMICO E POLÍ­TICO. COM RELAÇÃO À BUSCA DE INFORMAÇÃO E À COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO: LER TEXTOS CIENTÍ­FICO-TECNOLÓGICOS EM IDIOMA PÁTRIO E ESTRANGEIRO; INTERPRETAR E UTILIZAR AS DIFERENTES FORMAS DE REPRESENTAÇÃO (TABELAS, GRÁFICOS, SÍ­MBOLOS, EXPRESSÕES, ETC.); ESCREVER E AVALIAR CRITICAMENTE MATERIAIS DIDÁTICOS, COMO LIVROS, APOSTILAS, MODELOS, PROGRAMAS COMPUTACIONAIS E MATERIAIS ALTERNATIVOS; COMUNICAR DE FORMA ORAL E ESCRITA PROJETOS E RESULTADOS DE PESQUISA NA LINGUAGEM EDUCACIONAL E CIENTÍ­FICA (TEXTO, RELATÓRIO, PARECER); ANALISAR SITUAÇÕES DE PRODUÇÃO ESCRITA, ORAL E IMAGÉTICA, VISANDO A UMA INSERÇÃO EM PRÁTICAS DE LINGUAGEM, ATRAVÉS DOS GÊNEROS DISCURSIVOS; COMPREENDER A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCRITA/LEITURA E DA PRODUÇÃO ORAL/ESCUTA, MEDIANTE O USO DE LINGUAGEM EM GÊNEROS DISCURSIVOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARIZADOS; COMPREENDER O FUNCIONAMENTO SOCIOPRAGMÁTICO DO TEXTO, SEU CONTEXTO DE EMERGÊNCIA, PRODUÇÃO, CIRCULAÇO E RECEPÇÃO, AS ESFERAS DE ATIVIDADE HUMANA, AS MANIFESTAÇÕES DE VOZES E PONTOS DE VISTA, A EMERGÊNCIA E A ATUAÇÃO DOS SERES DA ENUNCIAÇÃO NO ARRANJO DISCURSIVO DO TEXTO, A CONFIGURAÇÃO FORMAL MACRO E MICROESTRUTURAL; CONFRONTAR IDEIAS ENTRE SI, EXPLICITANDO OS CRITÉRIOS E DEFENDÊ-LAS OBSERVANDO RELAÇÕES DE CAUSA E EFEITO; RECONHECER A LINGUAGEM COMO VIA DE PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO E INTERVENÇÃO NA REALIDADE SOCIAL. COM RELAÇÃO AO ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E DA FÍ­SICA: REFLETIR DE FORMA CRÍ­TICA A SUA PRÁTICA EM SALA DE AULA, IDENTIFICANDO PROBLEMAS DE ENSINO/APRENDIZAGEM; COMPREENDER E AVALIAR CRITICAMENTE OS ASPECTOS SOCIAIS, TECNOLÓGICOS, AMBIENTAIS, POLÍ­TICOS E ÉTICOS RELACIONADOS ÀS APLICAÇÕES DA FÍ­SICA NA SOCIEDADE; USAR A EXPERIMENTAÇÃO EM FÍ­SICA, COMO RECURSO DIDÁTICO; POSSUIR CONHECIMENTOS BÁSICOS DO USO DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO E SUA APLICAÇÃO EM ENSINO DE FÍ­SICA; APLICAR PROCEDIMENTOS E NORMAS DE SEGURANÇA NO TRABALHO; CONHECER TEORIAS QUE FUNDAMENTAM O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM, OBJETIVANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA; CONHECER E APLICAR OS FUNDAMENTOS E MÉTODOS DE GESTÃO E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL; CONHECER E VIVENCIAR PROJETOS E PROPOSTAS CURRICULARES DE ENSINO DA FÍSICA. COM RELAÇÃO À  PROFISSÃO: TER CONSCIÊNCIA DA IMPORTÂNCIA SOCIAL DA PROFISSÃO COMO POSSIBILIDADE DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COLETIVO; DISSEMINAR E/OU UTILIZAR O CONHECIMENTO RELEVANTE PARA A COMUNIDADE; ATUAR EM ESPAÇOS EDUCATIVOS FORMAIS, NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO, NAS DIFERENTES MODALIDADES, ASSIM COMO EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS, DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO ESPECÍ­FICA, UTILIZANDO METODOLOGIA DE ENSINO VARIADA, CONTRIBUINDO PARA O DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL DOS ESTUDANTES E PARA DESPERTAR O INTERESSE CIENTÍFICO NO EDUCANDO; ORGANIZAR E USAR LABORATÓRIOS DE FÍSICA; ESCREVER E ANALISAR CRITICAMENTE LIVROS DIDÁTICOS E PARADIDÁTICOS E INDICAR BIBLIOGRAFIA PARA O ENSINO DE FÍSICA; ANALISAR E ELABORAR PROGRAMAS PARA ESSES NÍVEIS DE ENSINO; EXERCER A SUA PROFISSÃO COM ESPÍ­RITO DINÂMICO, CRIATIVO, NA BUSCA DE NOVAS ALTERNATIVAS EDUCACIONAIS, ENFRENTANDO COMO DESAFIO AS DIFICULDADES DO MAGISTÉRIO; CONHECER CRITICAMENTE OS PROBLEMAS EDUCACIONAIS BRASILEIROS; IDENTIFICAR NO CONTEXTO DA REALIDADE ESCOLAR OS FATORES DETERMINANTES NO PROCESSO EDUCATIVO, TAIS COMO O CONTEXTO SOCIOECONÔMICO, POLÍ­TICA EDUCACIONAL, ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E FATORES ESPECÍ­FICOS DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE FÍ­SICA; ASSUMIR CONSCIENTEMENTE A TAREFA EDUCATIVA, CUMPRINDO O PAPEL SOCIAL DE PREPARAR OS ALUNOS PARA O EXERCÍ­CIO CONSCIENTE DA CIDADANIA. TRABALHAR EM EQUIPE VISANDO APROVEITAR AS EXPERIÊNCIAS POSITIVAS DE OUTROS PROFISSIONAIS, EVITAR OS ERROS E EQUíVOCOS COMETIDOS E SOCIALIZAR O CONHECIMENTO PRODUZIDO. PLANEJAR E AVALIAR CONTINUAMENTE, A FIM DE ANTECIPAR PROBLEMAS E CORRIGIR RUMOS. SER UM MEDIADOR DA APRENDIZAGEM DE SEUS ALUNOS, BUSCANDO A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO PELOS MESMOS. ADOTAR UMA POSTURA ATIVA DE REFLEXÃO, AUTOAVALIAÇÃO E ESTUDO CONSTANTES. POSSUIR ATITUDE E POSTURA PROFISSIONAIS: CULTIVANDO PRÁTICAS E HÁBITOS SAUDÁVEIS; CUMPRINDO SEUS COMPROMISSOS; CULTUANDO VALORES E TRADIÇÕES; RESPEITANDO AS DIFERENÇAS INDIVIDUAIS; ACATANDO NORMAS E REGULAMENTOS; ACEITANDO A DIVERGÊNCIA E A DIVERSIDADE; TRATANDO A TODOS COM BONDADE, RESPEITO E EDUCAÇÃO.

MÓDULO DISCIPLINAS CH
1 ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 80
1 FÍSICA GERAL 80
1 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA 80
1 HISTÓRIA DA FILOSOFIA CIÊNCIA 40
1 LÍNGUA PORTUGUESA 40
2 ATIVIDADES TEóRICO PRáTICAS DE APROFUNDAMENTO I 100
2 EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS - EAD 40
2 FILOSOFIA E ÉTICA PROFISSIONAL 40
2 FÍSICA I 80
2 FUNDAMENTOS DE QUÍMICA 40
2 GEOMETRIA ANALÍTICA 80
2 PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM 40
2 SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO 40
3 ÁLGEBRA LINEAR 80
3 ATIVIDADES TEóRICO PRáTICAS DE APROFUNDAMENTO II 100
3 CÁLCULO I 80
3 FÍSICA II 80
3 METODOLOGIA DA PESQUISA E DO TRABALHO CIENTÍFICO 40
3 PRÁTICA DE ENSINO DE FÍSICA I 80
4 CÁLCULO II 80
4 EDUCAÇÃO AMBIENTAL - EAD 40
4 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO 1 100
4 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE 80
4 FÍSICA III 80
4 PRÁTICA DE ENSINO DE FÍSICA II 80
5 CÁLCULO III 80
5 EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS - EAD 40
5 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO II 100
5 MECÂNICA GERAL I 80
5 PRÁTICA DE ENSINO DE FÍSICA III 80
5 TERMODINÂMICA 80
6 DIDÁTICA: FUNDAMENTOS DA PRÁTICA DOCENTE 80
6 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO III 100
6 LIBRAS - EAD 40
6 MECÂNICA GERAL II 80
6 ONDAS E óPTICA 80
6 PRáTICA DE FORMAçãO EM FíSICA 1 80
7 ELETROMAGNETISMO 80
7 ESTáGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATóRIO IV 100
7 GESTÃO ESCOLAR: ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR 40
7 OPTATIVA I 80
7 POLÍTICAS PÚBLICAS DA EDUCAÇÃO 40
7 TÓPICOS DE FÍSICA MODERNA 80
7 TRABALHO DE CONCLUSãO DE CURSO I 40
8 FUNDAMENTOS E METODOLOGIAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 40
8 OPTATIVA II 80
8 PRÁTICA DE FORMAÇÃO EM FÍSICA II 80
8 TóPICOS DE MECâNICA QUâNTICA 80
Dicipllinas Optativas MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO ENSINO DE FÍSICA 80
Dicipllinas Optativas PRÁTICA DE PESQUISA EM FORMAÇÃO DE PROFESSORES 80
Dicipllinas Optativas TÓPICOS ESPECIAIS EM FÍSICA 80

OFERTADO NA MODALIDADE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COM VISTAS À OBTENÇÃO DE CERTIFICADO DE PÓS-GRADUAÇÃO POR CONVALIDAÇÃO DE COMPETÊNCIA DE ACORDO COM:

  • LDB – LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996: ART. 47, §2°.
  • RESOLUÇÃO N° 1, DE 08 DE JUNHO DE 2007 ALTERADA PELA RESOLUÇÃO N° 5, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008: ART. 1º.
  • RESOLUÇÃO Nº 02, DE 1º DE JULHO DE 2015: ART. 1º.
  • PORTARIA NORMATIVA Nº 40, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2007 ALTERADA PELA PORTARIA NORMATIVA Nº 23, DE 01 DE DEZEMBRO DE 2010: ART. 45.
  • NOTA TÉCNICA Nº 388/2013 REPUBLICADA EM 10 DE ABRIL DE 2015.